quarta-feira, novembro 15, 2006

Sónia Jeremias e não Geremias!!!


Sempre o dilema do J com o G... raios... afinal qual a diferença não se lêm os dois igual???
JE ou GE?
A Sónia... estará para sempre no meu coração...
Desde sempre que a conheço... crescemos juntas... nem sempre estivémos juntas... mas tenho dela as melhores recordações.
Lembro tantas vezes que todos os dias a ía acordar de manhã, quando ía ao pão, não havia dia que não passasse por lá e ficassemos um bom pedaço a falar de tudo...e de nada... tonterias...
Foi através dela que chegou o meu 1º namoro de infância... O pedro dos reboques... era o must lá da rua... todas o idolatravam... menos eu nessa altura... até a Sónia teve um crash por ele.
Ainda hoje me chama como a minha avó chamava... “Pála...” ainda hoje lembramos isso... quando a ti Balbina ía à rua à minha procura para ir para casa, e eu me escondia para que não me encontrasse, hehehe
Quando já grandes... era uma das que ía para todo o lado comigo e com a Cláudia, hehe boas alturas, cada uma saía de casa com os seu trocos, a 1ª coisa que verificávamos era quanto cada uma havia conseguido, somávamos e verificávamos se dava para o tabaco, cafés e snoker.
Cada uma tinha um feitio especial de ser, cada uma tinha os seus amores e desamores, todas nos amparávamos, só lamento dessa altura... os maus entendidos que outras conseguiam semear... porque nas amizades o 3 não é aconta que Deus fez... e como tal, o usual era entre mim e a Sónia haver sempre grandes mal entendidos.
Mas mesmo com tanto contratempo, conseguimos manter o contacto, conseguimos ultrapassar todos os espinhos que semearam entre nós, e dela apenas guardo... muito, muito carinho.
Lembro-a sempre com um sorriso na boca, era louca... sempre muito extrovertida, por vezes demais, era complicado conseguir parar o seu humor.
Mas também... quando tinha uma desilusão... sofria como uma Madalena!!! Irra mulher... tanto amor para quê???
Hoje a Sónia tem um filho, está a passar por um divórcio menos feliz, coisa que lamento imenso... pois é uma miúda fantástica e merece tudo de bom.
Tenho pena que essa loira não seja mais loira... agora pinta a peruca... deve ser para parecer mais esperta... mas não fiques triste... apesar de seres loira aguada... eu gosto muito de ti, dá cá um abraço sua loira!!!
Beijos grandes minha querida... para ti... um caminho cravejado de diamantes... mas cuidado... nem tudo o que luz... é ouro.
 
posted by Peste at 3:02 da tarde, |

1 Pestinhas:

Olá,

venho agradecer a passagem no meu cantinho. Continuo sem net :(, assim que tiver em casa e mais tempo a ver se passo por aqui, achei interessante a ideia o teu blog, falares das pessoas que te rodeiam e que te marcam a vida.

Bjs