segunda-feira, janeiro 29, 2007

Despenalizações

Numa altura que só se fala em abortar ou não abortar, liberalizar ou não?

Eu falo da despenalização da droga!! (estou sempre na Vanguarda)

Ora… já vi bispos e cardeais e sei lá mais o quê a opinar sobre esta questão do aborto… mas da droga não os vi a dar bitaques nenhuns…

Não vi velhinhas a criticar…

Não vi mães a criticar…

É um bom tema de conversa…entre amigos ou deputados.. mas e o resto???

Chego à conclusão que ficariam todos menos preocupados pelos nossos filhos irem ao shopping comprar umas doses para depois sair a correr para as casas de xuto…

Os traficantes… continuarão a existir em becos e ruas duvidosas??? Ou será como os quiosques de cafés no shopping??? Ou será que é vendida à porta das ditas salas tipo bilhete de entrada?

Com sorte ainda o estado começa a comparticipar o vicio dos “doentes”, porque os velhinhos com alzeimer aguentam… Os cardíacos que comprem uma máquina no mercado negro…agora a juventude é que é preciso apoiar.

Em vez da malta dizer ao sair de casa:
“Mãe vou beber um café”,
passa-se a ouvir
“Ò cota… dá aí uma nota pá coca”

Chego à conclusão…

É muitooo mais simples liberalizar a droga que despenalizar o aborto… e se formos a ver… ambos matam…

Somos muito civilizados sim senhor…
 
posted by Peste at 9:46 da manhã, |

8 Pestinhas:

Olá, Peste.
Voltei. Tá-se bem?
Tal como se despenalizas as drogas ou aborto, acabas com um negocio ilegal e ilicito, ao menos as meninas sabem que estão na mão de profissionais e o pessoal sabe que não esta a comprar merda! ( tive um amigo que morreu porque lhe venderam cimento! )
Falo-te eu que se livrou de um vício de 10 anos graças a venda legal de boprenorfina conhecido como Subutex, e que gradualmente fui deixando ( controlado por profissionais )...faz 5 anos, livre de tudo ( menos cigarrinhos )
por isso ves que mais vale liberalizar que proibir!
mas poderia estar a dar-te mais 1000 exemplos de situações em que este principio se aplica!

Beijo
Sam
Sam - a ti um enorme abraço de Parabéns por fazeres parte de um grupo que conseguiu vencer essa droga... que é mesmo uma droga. Continua.
Nao consigo comentar este assunto,desculpa.Bjinhos***
  At 2:28 da tarde Blogger bell said:
Não posso deixar de pensar que se os homens engravidassem, isto seria diferente...
Apesar de não querer colocar as duas questões lado-a-lado, como se fossem comparáveis, devo dizer que não posso deixar de concordar com o Sam! As proibições sempre deram maus resultados! E não estou a falar de sinais de transito!

eheh!! Saudações infernais!
Apoio e apoio.
Quer dizer: Estou de acordo com a despenalização do aborto até às 10 semanas e sou a favor da despenalização do consumo de certas drogas.
POST MORTEM é que já não se pode mudar nada.
Junta-te à nossa equipa.

www.lusoprosecontras.blogspot.com
vamos despenalizar todo já agora?
lol
Bem este assunto é complicado, mas decide-se com bom senso e ética!