segunda-feira, abril 09, 2007

Portuguesito


Não sou uma maníaca compulsiva pela língua Portuguesa, confesso que a única coisa que me arrelia é o “prontos”... que assim que oiço seja de quem for respondo em Automático e bom som “Não é prontos é Pronto... o Prontos não existe”.


Mas há realmente um fenómeno que me intriga... o “A”, mas porque carga de água é que as pessoas têm a mania de colocar o “A” em tudo??? Será esta letrinha como a salada??? Acompanha tudo e todos??? Se assim for... é uma devassa... uma vai com todos!!!

Vejamos alguns exemplos usuais

Amanda ... já não é um nome... tá mais para AMANDA aí o calhau
Assentar – deixa-me assentar que já ta amando
Alevanto-me – olha que eu alevanto-me e ACHEGO-TE 2 chapadas

Outra linda é a Deslarga
Deslarga–me que eu não te fiz mal

Confesso que ando intrigada...

Concluí que talvez esses palavrões derivem do alentejanito...
pois é onde predominam fundamentalmente como teimosos cogumelos saltitões e que se recusam a desaparecer fazendo rabo pesado a novas gerações.

No entanto vou me divertindo e não consigo deixar de esboçar um sorriso ao ouvir tais sonoridades... é como se fosse um passatempo... que consiste em ver quanto tempo consigo estar sem corrigir o que quer que seja.
 
posted by Peste at 8:04 da manhã, |

20 Pestinhas:

  At 8:30 da manhã Blogger SAM said:
"amanda aí" LOLOLOLOOOLOL vocês são mesmo Lisboetas pá! LOLOLOL depois ainda falam na pronúncia do do Norte ( que vocês adoramm já agora! Confessa lá Peste !
LOLOLOLOLOL
beijiiiinho!
confesso pois carago!!!
Como alentejana que sou digo que és capaz de ter razão, não há como viver no Alentejo e passar a vida a ouvir "mensa" (mesa),Tóino (António), liogurte (iogurte)..
oh pá confesso que hoje apanhei um cagaço aqui, não é que ao ligar para o teu blog, vejo por baixo do "ver meu perfil completo" o meu endereço, com o nome do meu patrão, de modo que pensei, oh diabo já fui apanhada!
depois deste susto nem me dá para comentar...
Espero que a Páscoazinha tenha sido boa lindona.
Pensava que esses "A" eram nortenhos e também me irritam profundamente.
Beijinho Pestinha
sao hábitos dear...
o "estar" perde para o "tar"...
e outros exemplos...
  At 8:26 da manhã Blogger SAM said:
Beijinho e um bom dia de trabalho Peste!!
muuáááá!
E "prontos"! :)
És do piorío.
Mas eu confesso que o prontos sai-me muitas vezes, hihihih.
Jocas
Eu desde que descobri que palavras como "espilro", "obcecação" e "embaralhar" existem, antes de desatar aos gritos vou ao dicionário... eheheheheh!
Tu deslarga-me esses vícios que não levam a lado nenhum! Amanda-te para coisas mais produtivas e prontos!!!!

eheh!! Amando-te as saudações infernais habituais!
É uma verde que entre o trabalho e as solicitações familiares pouco tempo me tem restado para percorrer e comentar os bloges da praxe (e peste).
Diz-se por aí que ando meio desaparecido… mas são tudo más-línguas, pois posso garantir que quem olha para mim me vê completo, inteiro e não tenho parte nenhuma que seja transparente!

Quanto ao portuguesismo, mais do que estas calinadas na pronúncia, preocupa-me a tendência integrista/transformista dos brasileiros face à língua inglesa. Refiro-me concretamente à utilização de palavras com “parabenizar” ou “printar” que não passam de traduções toscas do original inglês “congratulate” e “print”.

Não critico ninguém por usar esses termos…
Pode até argumentar-se que foi por processos semelhantes que o português derivou do latim…
Pode até argumentar-se que o português não é uma língua morta e com tal tende a evoluir com o tempo…

Mas uma coisa é verdade… chega-se a pontos em que deixa de se Português.


JooGoo
hoje já posso comentar, estou em casa sem o olhar do IP do meu patrão que tanto me perturbou.

ora então e o "destrocar" dinheiro? ...
..o "c'agora"em vez de que agora...
...o "há-des" em vez do hás-de...
...as "costoletas" em vez de costeletas
..."em gar de" em vez do em lugar de

há montes delas!
bjs
Amandei uma gargalhada agora pá...:D

Um dos meus professores de mestrado, formado na área de comunicação (sim, leram bem) diz "prontos" em intervalos regulares de 5 minutos.

OMG...
"alevantasteste" eu gosto desta, é que nem dá para dizer que um erro :P e pior que o prontos é o prontes



Bj
Confesso que digo "deslarguem-me", apesar de saber que não existe... mas curto dizem "deslarguem-me a braguilha, foda-se!"... lá está, calinada atrás de calinada. E eu até me esforço por não as dar, mas estas confesso que sao propositadas. Agora o que me tira do sério e não consigo conter o nervoso miudinho de corrigir quem assim fala é o tão usual " hades", em vez de "hás-de"... será que a malta não sabe que hades é o inferno?? Jinhos Pestinha!
  At 6:45 da tarde Blogger bell said:
Podes não gostar, mas alevantar e assentar (sinónimo de sentar ou registar)constam do dicionário.O mesmo não acontece com amandar e deslargar, prontos e tá.

Choca-me mais o erro escrito, a falta ou excesso de acentos, o gostas-te em vez de gostaste (erro muito comum na blogosfera) que algumas criatividades ou bordões da linguagem oral.
  At 9:27 da manhã Blogger SAM said:
bEIJINHO pESTE....
E não é que a gente falamos mesmo mal a nossa língua? Eu mesmo quando às vezes vou reler os meus posts apanho cada um que até me amando aos ares. É assim, prontos! Beijinho
Prontos, já está...quer dizer que o mal é dos alentejanos não? Mau, mau!!!Olha que aqui a moça é de lá!!Vamos lá "aver" se "agente na se chatêa"!