quarta-feira, agosto 22, 2007

POISON em: Tuga Na Praia

Olá a todos, apartir de hoje aqui o Blog da Peste passará a ter a colaboração esporádica de um novo membro que se passará a denominar POISON.

Assim sendo o Post de hoje é a estreia de um grande amigo nas lides blogosféricas, espero que apreciem tanto quanto eu.



Tuga na Praia…

Estamos em pleno Agosto e como tal qualquer tuga que se preze tem somente um objectivo na mente.: - Algarve!“Algarve em Agosto” faz parte da identidade lusitana e permite presenciar vários “fait divers” provavelmente irrepetíveis em qualquer outra praia do mundo, entre os quais:


Chapéu-de-sol “Capri Sonne” – Um verdadeiro clássico das praias lusitanas, está para o veraneante tuga como as pirâmides estão para o Egipto ou os caramelos estão para Badajoz.


A primeira preocupação do Tuga quando chega ao areal é enterrar o seu chapéu-de-sol “Capri Sonne” adequadamente.

Com licenciatura tirada ou não na Independente é do senso comum que tuga que é tuga tem costela de Engenheiro Civil e como tal preocupa-se com a solidez dos alicerces da sua construção, escavando previamente um buraco de meio metro espetando o varão do chapéu e abanando-o em zig-zag como se estivesse á espera de encontrar petróleo.

Dispõe em seguida tapa-ventos, lençóis, toalhas de praia ou bidé, de modo a que aqueles cinco metros quadrados de areia de que se apropriou para si e para a sua família se transformem no seu pequeno reino, onde é senhor total e absoluto e, onde apenas o homem das bolas de Berlim e dos gelados tem permissão para entrar, mediante o berrar alto e bom som:
“é frut óóóóchocolate…olhá bóóóliberlim”


Raquetes – Para alem de possibilitarem a prática desportiva este acessório tem para o tuga macho uma dupla função: a de letal arma de engate. O enviar a bola “sem querer” repetidas vezes para cima da mesma jovem que deitada na toalha se bronzeia em “topless”, para que esta se volte e repare por segundos que ele existe, é provavelmente umas das mais antigas técnicas de engate visíveis nas nossas praias.

Crianças nuas a correr pela praia- salpicando de água e areia quem refasteladamente trabalha o bronze, fugindo da mãe que lhe quer colocar á força o panamá berrando “Jean-Pierre vem já içi” como se o mundo acabasse amanhã é outro clássico dos nossos areais.

Sexagenárias à beira-mar- com água pelos tornozelos curvando-se demoradamente para molhar as mãos espalhando em seguida a água pela zona dos antebraços, invariavelmente equipadas com as suas batas compridas e panamás, povoam os areais portugueses com a muito provávelmente maior concentração de modelos fato de banho “retro” anos 70 de toda a Europa.
Enfim…tuga na praia…um não acabar de “clássicos”…

By Poison
 
posted by Peste at 8:18 da manhã, |

18 Pestinhas:

há um sem numero de coisas q diferenciam o tuga em qualquer praia, onde estive eu catava-os pelo belo chapéu do continente (aquele q tem várias cores), agora pergunto eu... quem se dá ao trabalho de ir para um local paradisiaco e dar-se ao trabalho de levar o miserável chapéu de 10 Aérios do continente??? o Tuga pois tá claro!!!

Depois temos sempre tb um cãozinho... q apesar de ser proibido em grande parte das praias... eles teimam em nascer como cogumelos!!

beijos grandes
e a juntar aos tapa ventos,lençóis e toalhas dos mais variados tamanhos feitios e utilidades, temos também, e dependendo do tamanho da família as inúmeras geleiras azuis camping gaz, uma cas sandes, outra cas cervejas e fruta, outra cos refrigeantes e iogurtes para a rapaziada !

e mais os discos e as bolas de volei, de futebol e toda uma parafernalia de brinquedos e acessórios que nunca saem sequer dos sacos !

medo!
LOL!!!!!!!!!
Realmente... os Clássicos do Tuga davam para escrever uma colecção tipo "Anita":
Tuga na praia
Tuga na fila do autocarro
Tuga nas finanças
Tuga no brasil
Tuga no restaurante
(...)

Faziam um sucesso!

É por estas e por outras que eu não vou à praia! Excepeto no inverno... quando não está lá ninguém!
Podias era ter metido uma fotografia onde se visse a praia! Por outro lado, diz bem da ocupação que os tugas fazem do areal.

Bem vindo, novo elemento!
Um retrato fiel!
Poison,

Cadê a nossa peste?????

Liberta-a!!!
É pá,,, esqueceste-te dos verdadeiros tugas que levam o garrafão de tintol para a praia!!! E a arca carregadinha de "frescolas" que é pra não apanharem uma congestão quando forem para a água!!!!
Na maior,,, belo post,,, muito pretinente,,,, já agora convido-te a opinar sobre,,, Faria Sexo Menstruada????? Ou Faria Sexo com sua Parceira Menstruada???? Conta-nos tudo em: http://sexohumorprazer.blogspot.com/2007/08/sexo-menstruada.html , Obrigado,,,, HCL
Epá (não é o gelado), há que dar o devido crédito aos engatadores das raquetes!! É que acertar com a bola sp na mesma chavala é obra, requer muito treino e pontaria apurada, merece engatar só por isso!

O pior são os que querem engatar, segundo esse método e vão acertando em tudo o que os rodeia, ou seja, engatam a praia inteira!

beijo d'enxofre
Então e aquela parte da geleira de 5 metros com a perna do frango e os carapauzinhos fritos?
Poison,
Muito bom!!! Só ficou a faltar a parte do farnel...
Jokas
Oi peste, diz-me uma coisa... como conseguiste por a situação do controle de ips, será que me poderias ajudar nisso? Se puderes manda-me um email please! beijoca
Saudações a todos, obrigado pelo incentivo!

Formiguinha:
A "Peste" penso que está no mesmo sitio, juro que não lhe mexi...!

Rita / Marta / Acidocloridrix:
Tal como referi é um não acabar de clássicos: para além da alimentação quase sempre "light" que leva para a praia, podia ter mencionado os "recuerdos" que sempre leva para casa, como saco de plástico com conchas e a garrafa de água do luso usada com areia,as beatas que adora enterrar no areal, o entrar na água "de chapa", os guardanapos usados, restos de comida, latas que deixa para trás quando se vai embora porque o saco do lixo está a 50 metros e é muito longe...estavamos aqui o dia todo!

Rafeiro Perfumado:
O espirito foi mesmo esse ilustrar a tipica praia nacional, quer seja da Quarteira, Nazaré ou a do "Barbas" na Caparica!
As criancinhas "avec" são de facto um clássico...
Belo começo!
beijo para ti e para a Peste
Eu já gostáva de ler o que a peste escrevia mas arranjou um parceiro à altura, adorei.
Por certo diz á peste que não tenho aparecido mas não tem dado, apesar de por a leitura em dia quando apareço.
Continuem assim.
Beijos
Faltou o farnel, acondicionado em 2 ou 3 geleiras, onde se inclui o tacho do arroz de tomate, os pastéis de bacalhau, a salada e o acompanhamento de garrafão de vinho e garrafas de laranjada muito colorida... com todo o séquito de pratos, talheres, copos, guardanapos e afins!

Gostei desta vossa colaboração... agora em vez de uma refilona, temos 2 refilões, lolol

Beijitos
  At 4:56 da tarde Blogger Lu.a said:
Safa, entrei neste blog e nem o reconheci tal foi a mudança de "visual"!

Post com uma acutilância excelente!
parabés Poison!
Parabens pela tua estreia!!!
Há cromos em todo o lado e a praia não esta imune a essas presenças!!

bjs
Algarve? em Agosto?
Ná.
Não me parece.
Mas não nego que és corajosa!
Olá POISON,BENVINDO(A)!