domingo, fevereiro 25, 2007

Velórios


Hoje vou falar de uma coisa, nada agradável, no entanto é a nossa realidade, todos já passámos... infelizmente... por alguma experiência.

Dado a uma perda recente, fui obrigada a reparar no ridiculo da situação...

Deveria ser algo demasiado intimo, onde todos lamentamos a partida de alguém que nos é querido... onde choramos a ausência que nos é imposta...Mas nem sempre assim o é!!!

Passo a explicar, ora eu, perdida nos meus pensamentos de vivências que tive com aquela pessoa, dou por mim a ouvir de um lado e do outro...

“ E quantos dias é que temos direiro??? Será 5??? Deve ser 3 ou 2...”
“ Uma já está agora falta a outra...” - (Raios... acabei de perder uma já alguêm já está a ter a clarividência de me matar a outra pessoa????)
“ Aquelas flores quem deu???? Que bonitas!!! E as outras de lá??? E estas???”
“ Quem é aquela que entrou agora??? ”
“ Amanhã a que horas partimos e em que carros vamos para o funeral???”
“ A outra nem cá deve vir... é uma desnaturada!!!”
“ O anel que ela tinha no dedo onde está??? ”
“ Ai filha não te via à tanto tempo... estás tão linda...”
“ Vista a novela ontem??? ”
(Estes são apenas pequenos exemplos mais usuais)

Fico eu ali a pensar...
Olha que a pessoa que ali jaz deve ficar muito feliz de saber as barbaridades que passa na cabeça desta malta... em vez de estar aqui tudo a lamentar-se e a lembrar os bons momentos, está tudo aqui só a fazer corpo presente... afinal... como a dita pessoa, mal sabia ela que no seu velório as pessoas iriam ficar aqui a dar à lingua futilidades!!!

E isto meus amigos... não é o pior... quando os velórios são assim já não é mau!!!
Digo isto porquê??? Porque lá em casa tenho o papa velórios... e papa funerais também quando pode!!
Nunca vi ninguém assim... cai um... PIMBAAAAAAA... lá tá ele!!!
Seja cliente, familiares de clientes, vizinhos antigos, familiares, não perde um!!
Mas o mau é que quando são clientes, junta-se a malta toda, colegas, amigos do falecido, concorrência etc e sabem meus amigos... já não é a 1ª que vez que o passatempo é contar anedotas!!!
Axam Isto normal???
 
posted by Peste at 11:19 da manhã, |

14 Pestinhas:

Realmente é surpreendente.
Pior é nas aldeias que fazem tipo banquetes e ficam dia e noite a comer e a confratenizar.
A viúva em vez de ter paz e tempo para chorar a morte de seu esposo tem que passar o dia todo no fogão a encher a buxa aos outros!
Não...claro que não acho mal....so prova que estou certo na minha teoria: Toda a gente se está borrifando pra quem morre!
Contigo irão fazer igual...e comigo tambem!"

Badabim badabum a vida continua!

Beijão Peste!
não acho ... mas é normal .... infelizmente...
as pessoas em vez de lá irem, darem os sentimentos aos familiares e irem embora ficam a fazer sala .... típico!
e quando aparecem familiares que nem se davam com o falecido, porque se zangaram, porque não se interessavam, e passam lá dois dias como se fossem os melhores amigos ?! oh hipocrisia!!
É normal, vizinha peste. Olha á tua volta e observa a saloiada que te rodeia...

E agora o mais importante: quem te autorizou a colocar a minha foto?

;-)

Boa semana. Beijos.
  At 11:45 da manhã Anonymous Anónimo said:
Os tempos mudaram. Hoje um defunto estão confundindo com bolo de aniversário.
Tem a estória de um bêbado que chegou num velório, entrou cantanto parabéns prá você.... Ai lhe falaram que aquilo não era um aniversário e sim um velório. Ao que ele respondeu, - Eu estava desconfiado, eu vi que o bolo era muito grande.

Quando vens no meu blog?
www.poemusicas.blogspot.com

Um beijo
Naeno
Não gosto de velórios, pelo que representa e pelo que dele fazem.

bjs
Estou como o Carlos de Oliveira:

"Quando eu morrer batam em latas, rompam aos saltos e aos pinotes"...

E acrescento: bebam uns copázios
pois é nos velórios contam-se imensas anedotas, mas muitas vezes para ajudar a superar as emoções intimas que não gostamos de mostrar...
Que tema......lol
O grande problema é que nos velórios se passam coisas muito estranhas. Mas aqui é assim. Por exemplo no leste dão comida e bebida e (desculpem lá) até parece uma festa.
Este poste é pertinente e dava pano para mangas e eu poderia acrescentar, infelizmente, algo que me deixou bastante triste.
É a vida..

Ouvelá ó menina: Estás zangada connosco?! Ai a menina!!!
Levas tau-tau..
Vamos lá a visitar o

www.lusoprosecontras.blogspot.com
Pois é amiga hoje não me ri ao vir aqui, pois sei que perdes-te alguém querido.
Infelizmente nos velórios passa-se muito disso, porque infelizmente hà muita falsidade neste mundo e as pessoas fazem-se muito queridas quando as outras ainda estão vivas mas depois de mortas é do género "Ufa até que enfim que já foi". Estou contigo, quem não respeita os velórios e daor dos outros que fique em casa e não seja tão hipócrita.
Jocas
Realmente já não há respeito!
eu moro numa aldeia onde os velórios são o acontecimento do dia, onde se aproveita para pôr a conversa em dia

às vezes não apareço, mesmo que sejam pessoas com quem tenho laços afectivos

esses momentos são para a família

e não para os cuscos
Acho normal que por vezes se tente desanuviar o ambiente, agora daí a contar anedotas. Já agora porque não fazer uma dança das cadeiras à volta do caixão?